Centrada em si
Home Saúde Actividade física Já experimentou o método Pilates?

af-metodo-Pilates

Para as mulheres saudáveis que não têm problemas de pavimento pélvico, o método Pilates é um dos treinos físicos mais completos disponíveis porque pretende, entre outros objetivos, melhorar a postura corporal em geral e equilibrar os músculos que rodeiam a região pélvico-lombar. Entre estes músculos figuram os abdominais e o pavimento pélvico, ou seja, os músculos responsáveis pela estabilidade do corpo, suporte dos órgãos internos e da continência.

O benefício que nos proporciona este método é o facto de em cada exercício se trabalhar simultaneamente o fortalecimento e o alongamento muscular que se traduz numa atividade física que requer precisão e muito controlo. É por isto que é importante, se pratica pilates, que as aulas sejam supervisionadas constantemente por treinadores qualificados que tenham também em conta a musculatura do pavimento pélvico.

O treino com pilates também é utilizado por muitos fisioterapeutas como técnica para tratar problemas relacionados com a coluna, joelhos, anca… Mas sempre depois de ter sido efetuado um diagnóstico e um programa individualizado, criado especificamente pelo fisioterapeuta para a patologia concreta do paciente.

Quem são as mulheres que mais podem beneficiar dos efeitos produzidos pelo método Pilates? As grávidas e as mulheres em idade menopáusica que não tenham problemas de pavimento pélvico e queiram preveni-los, pilates é um treino altamente recomendável.

Mas cuidado, se sofre de perdas de urina, têm o pavimento pélvico debilitado de tal forma que sente a sentir dificuldade em contraí-lo durante os exercícios, dores pélvicas ou prolapsos (descaimento de órgãos) é importante consultar previamente um profissional especializado em pavimento pélvico.

Os exercícios pilates podem ser demasiado exigentes para um pavimento pélvico debilitado ou com problemas e executá-los pode fazer com que os problemas se agravem. É por isso que é tão importante consultar um profissional e uma vez que a atividade normal do pavimento pélvico se restabeleça, dedicar-se ao pilates para mantê-lo nas melhores condições.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário