Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

TENA Centrada em si
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e maternidade Gravidez, porque é que os médicos recomendam…?
TENA Silhouette

Gravidez, porque é que os médicos recomendam…?

Pavimento pélvico e maternidade

Gravidez
0 2059

Suplementos alimentares, vacinas, análises ao sangue, ecografias... Durante a gravidez, o médico vai indicar-lhe uma série de exames que terá de fazer, mas também regulará muitos aspetos da sua vida, da dieta ao horário de trabalho. Sabe porque é importante seguir as recomendações médicas? Poderá ignorar alguma?


Partilhe com as suas amigas:

Estar grávida não é sinónimo de doença, de maneira nenhuma. Mas deve ir ao médico com bastante frequência, uma vez que é necessário acompanhar convenientemente o período de gestação do bebé. Deste modo, será possível prevenir ou detetar precocemente eventuais complicações na gravidez ou alterações que possam surgir no feto. Quais são os cuidados pré-natais que devemos ter em conta?

1. Se está a tentar engravidar, a primeira coisa que deverá fazer é consultar um ginecologista, dado que é durante as primeiras dez semanas de gravidez que se desenvolvem os órgãos do bebé. Durante este tempo, deve evitar tomar alguns medicamentos e a exposição a certos agentes nocivos. Também deve começar a tomar suplementos alimentares, como o ácido fólico, para prevenir defeitos do tubo neural, por exemplo, da espinha bífida.

2. Sabemos que nem sempre é fácil, mas as condições laborais deveriam ser adequadas à gravidez para minimizar riscos. Se trabalha mais de 10 horas diárias ou está mais de 6 horas seguidas de pé, o risco do bebé nascer com pouco peso ou de um parto prematuro será muito maior.

3. As vacinas que lhe vão recomendar são: para a tosse convulsa (para proteger o bebé durante os primeiros meses de vida) e para a gripe (sempre que estejamos numa época do ano em que o contágio seja uma probabilidade).

4. A ideia de que temos de comer por dois é coisa das nossas avós. Deverá ter cuidado com a alimentação, uma vez que não é aconselhável engordar mais de 16 quilos ao longo da gravidez. O excesso de peso é um fator de risco na gestação, pois poderia deteriorar o pavimento pélvico.

5. Deve beber diariamente o mesmo que beberia se não estivesse grávida, dois litros de água. A hidratação é fundamental para o trânsito intestinal. Não esqueça que a obstipação é uma das grandes inimigas das grávidas, porque pode danificar o pavimento pélvico e porque poder favorecer o aparecimento de hemorroides.

6. Outro conselho a ter em conta durante a gestação é ingestão de sal iodado, inclusive um suplemento farmacêutico de 200 microgramas de iodeto de potássio, se for preciso.

7. Não se esqueça de tomar diariamente a dose de cálcio necessária. É recomendado ingerir três doses de lácteos por dia.

8. As análises trimestrais são necessárias para detetar possíveis complicações médicas, tanto as que a podem afetar a si (anemia, por exemplo), como as que possam afetar o bebé.

9. São três as ecografias básicas: na 12ª semana, para identificar possíveis alterações cromossómicas; na 20ª semana (aproximadamente), para detetar possíveis malformações; e, finamente, é muito importante outra no terceiro trimestre para controlar o peso fetal e verificar que não existem malformações tardias.

10. É obrigatório controlar a tensão arterial, sobretudo no segundo e terceiro trimestres da gravidez. Trata-se de algo imprescindível se lhe doer a cabeça, se lhe incharem as pernas e se sentir mal-estar.

11. A bexiga diminui a capacidade de retenção de urina devido à pressão exercida pelo feto. Além disso, as alterações hormonais e outros fatores debilitam a musculatura do pavimento pélvico. É necessário fortalecer a zona para o parto e preparar o períneo durante as últimas semanas da gravidez, para prevenir danos.

12. Em linhas gerais, durante uma gestação sem riscos, ter em conta os hábitos saudáveis (exercício, descanso, alimentação…) e tomar alguns suplementos vitamínicos vai garantir o bem-estar da mãe e do bebé.

Prepare-se para aproveitar ao máximo uma das etapas mais bonitas da sua vida!

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos o seu comentário