Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e saúde Glossário prático para entender melhor o seu ginecologista
banner_MUESTRA

Glossário prático para entender melhor o seu ginecologista

Pavimento pélvico e saúde

0 13202

Explicamos-lhe alguns conceitos e termos que poderá ouvir na sua consulta ginecológica, pode ser que não os conheça a todos.


Partilhe com as suas amigas:

Todas as profissões têm uma terminologia própria, uma linguagem específica para denominar objetos ou conceitos, mas talvez em questões de saúde gostaríamos de entender melhor os relatórios ou os resultados das análises de sangue ou urina, porque o nosso médico ou médica nem sempre têm a oportunidade de explicar-nos com palavras mais acessíveis o que está a acontecer connosco.

Por isso, preparámos para si um glossário com alguns termos ginecológicos que deve conhecer:

Anticolinérgico: é um tipo de medicamento que se usa para tratar a incontinência urinária de urgência e aumento da frequência da micção relacionada com a bexiga hiperativa ou instável.

Atrofia: quando falamos de atrofia vaginal, referimo-nos a uma mucosa que perdeu características de elasticidade, hidratação e grossura adequadas, provocando muitas vezes incómodo ou dor.

Bartholinite: nos dois lados da entrada da vagina encontram-se as glândulas que asseguram a lubrificação durante a fase de excitação da resposta sexual. Quando o ducto de saída do muco fica obstruída produz um quisto, que pode mesmo chegar a infectar produzindo um “alto” muito doloroso denominado bartholinite, que costuma necessitar ser tratado com antibióticos.

Cistocele: a bexiga está localizada na parte anterior do canal vaginal, dentro da pélvis, mas quando o suporte muscular e o colagénio se deterioram, geralmente devido a partos vaginais, ocorre uma descida da bexiga, que se projeta na parede anterior da vagina pelo orifício vaginal, em maior ou menor extensão. A protuberância chama-se cistocele.

Colposcopia: em algumas consultas o ginecologista pode realizar um exame complementar à citologia para descartar a patologia do colo do útero. O colposcópio é uma espécie de microscópio que nos permite ver, com bastante aumento, o aspecto do colo do útero.

Dispareunia: refere-se à dor durante a penetração na relação sexual, seria sinónima de coito doloroso, antes, durante ou depois do ato sexual.

Epistomia: quando a cabeça do bebé incha e distende a entrada da vagina, pode por vezes suspeitar-se de uma possível ruptura devido a por exemplo, falta de elasticidade, um feto grande, etc. Nesse momento o ginecologista efetua um corte introduzindo a tesoura na parte posterior do orifício vaginal e para a direita, cortando o pequeno lábio e alguns músculos no períneo superficial, conseguindo assim mais espaço e proteção do canal do parto.

Histerectomia: refere-se à cirurgia de remoção do útero. A mulher deixa de ter o período e não poderá engravidar, mas mantém a função hormonal dos seus ovários.

Leucorreia: o excesso de fluxo vaginal secundário ou uma vaginite. Com odor ou cor desagradável.

Períneo: área muscular que se encontra entre a vagina e o ânus, e que costuma ficar aberto ou rasgado após o parto, podendo ar à vagina um aspecto de ‘larga’.

Prolapso: é o descaimento dos órgãos pélvicos através da vagina, falamos de prolapso uterino se afeta o útero, projetando-se do colo do útero através do orifício vaginal. Também pode ocorrer prolapso da bexiga e prolapso do reto.

Puerpério: é o período de várias semanas após o parto, no qual o útero vai diminuindo progressivamente de tamanho, o períneo vai recuperando a tonificação até recuperar e poder executar a sua função normalmente como antes do parto, assumindo-se coloquialmente que se trata dos 40 dias pós-parto ou quarentena.

Rectocele: o reto está localizado na parede posterior da vagina no interior da pélvis, quando o suporte do pavimento pélvico se deteriora, pode desprender-se e inchar a parede posterior da vagina para a frente, aparecendo um ‘alto’ na vagina a que chamamos rectocele.

Vaginite: as vaginites ou inflamações vaginais são uma das consultas ginecológicas mais frequentes.

Vulva: conjunto dos genitais externos, lábios maiores e menores que encerram e protegem a entrada da vagina, o monte de Vénus e o órgão eréctil e o clitóris.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário