Centrada em si
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e maternidade Dores de costas no pós-parto

dor de costas na gravidez

Mais de um terço das grávidas terá que passar pelo inconveniente de sofrer de dores de costas durante a gravidez. Frequentemente este problema surge a partir das 25 semanas de gestação e em diversas ocasiões prolonga-se até depois do parto. Normalmente, a dor é lombar pélvica: localiza-se na zona mais baixa da coluna, nas zonas laterais do sacro, até às nádegas, e inclusivamente pode estender-se até à parte superior das coxas sem ultrapassar os joelhos. Pode afetar só de um lado ou os dois, e não costuma ser uma dor constante, mas sim associada ao movimento: quando mudamos de posição na cama enquanto dormimos, quando nos viramos, ao sair do carro, ao caminhar…

A origem deste problema costuma estar relacionada com uma alteração das articulações da pélvis, mais concretamente nas sacroilíacas. Não se sabe ao certo a que se deve esta instabilidade pélvica, embora se saiba que ocorrem muitas alterações durante a gravidez nos músculos abdominais, nos músculos do pavimento pélvico e nas estruturas que fixam as articulações pélvicas. Estes ficam debilitados devido à influência de determinadas hormonas produzidas durante a gravidez, a más posturas ou a manter uma postura concreta durante longos períodos (estar sentada ou de pé durante muito tempo) e à debilidade ou desequilíbrio muscular.

Apesar de esta dor surgir normalmente no segundo trimestre, algumas mulheres continuam a sentir desconforto no pós-parto. Um estudo recente mostrou que as mulheres que sofrem de dores nas costas depois do parto têm 10 vezes mais probabilidade de vir a sofrer de incontinência urinária do que as que não apresentavam este problema.

É por esta razão que é tão importante praticar exercícios durante a gravidez para prevenir problemas de costas no final da gravidez e no pós-parto. Os exercícios mais adequados para prevenir este tipo de problemas são os que movem e tonificam os ossos e os músculos que rodeiam o abdómen e a pélvis, ou seja, a musculatura abdominal, o pavimento pélvico e os músculos posteriores da zona lombar e pélvica. Todas estas estruturas são as que trabalhamos nos exercícios de pavimento pélvico que propomos no nosso site Centrada em Si.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário