Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e reeducação Exercícios Kegel, a chave para fortalecer o pavimento pélvico
banner_MUESTRA

Exercícios Kegel, a chave para fortalecer o pavimento pélvico

Pavimento pélvico e reeducação

Exercícios Kegel
0 23500

O Dr. Arnold Kegel foi o primeiro a relacionar o pavimento pélvico com a incontinência urinária. Hoje em dia, os seus exercícios, renovados e aperfeiçoados, são essenciais para fortalecer o pavimento pélvico.


Partilhe com as suas amigas:

Até aos anos 40 do século passado, o pavimento pélvico não existia para a medicina e muito menos para as mulheres, que desconheciam em absoluto a existência desta zona muscular e o impacto do seu enfraquecimento na qualidade de vida. Só quase uma década depois, em 1948, é que o Dr. Kegel idealizou uma série de exercícios para fortalecer os músculos pélvicos.

Os exercícios inventados pelo Dr.  Kegel foram-se aperfeiçoando com o tempo. A incorporação na contração do pavimento pélvico de outros elementos que hoje em dia se sabe serem decisivos: a posição da pelve e da coluna vertebral e a contração dos músculos abdominais profundos. Para a prevenção de incontinência urinária e outros problemas desta musculatura, é necessário trabalhar em conjunto o abdómen, a pelve e a região lombar.

Os exercícios Kegel são ideais para as pessoas que sofrem de incontinência urinária.

Quando os músculos do pavimento pélvico enfraquecem podem ser fortalecidos através de exercícios específicos. Os exercícios Kegel são ideais para as pessoas que necessitam recuperar o controlo dos esfíncteres e sofrem de incontinência urinária. A prática diária destes exercícios melhora consideravelmente os sintomas.

Os vídeos que lhe propomos no Centrada em Si têm em conta todos estes fatores para reforçar melhor o pavimento pélvico. Além disso, apresentam conselhos para aprender a respirar corretamente ou a descobrir o plano profundo do abdómen, entre outros exercícios interessantes. Se ao praticá-los não sentir bem os exercícios de contração, aconselhamos a consultar um especialista para aprender a realizá-los corretamente.

Recomendamos que, enquanto os seus músculos estiverem debilitados e sofrer de incontinência urinária, confie num produto adequado enquanto resolve o seu problema. Nem todos servem, tenha o cuidado de usar pensos específicos para o pH e a densidade da urina, que a farão sentir-se segura e protegida, como os da gama TENA. Quer experimentá-los? Peça amostras grátis aqui.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário