Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Sexo Bolas chinesas: instruções de utilização
banner_MUESTRA

Bolas chinesas: instruções de utilização

Sexo

Bolas chinesas
0 191938

Como utilizar corretamente as bolas chinesas para fortalecer o pavimento pélvico? Qual é o período de tempo ideal? Descubra as respostas e aprenda a utilizá-las para melhorar a sua qualidade de vida.


Partilhe com as suas amigas:

Já pensou nas vantagens? E tem coragem para as utilizar? Vamos esclarecer alguns aspetos ligados à utilização das bolas chinesas. Recomendamos que as escolha corretamente quando as for comprar. Apresentamos-lhe aqui algumas sugestões. Cuidado!  Têm de ser de um material não poroso e adequadas para fortalecer o pavimento pélvico:

  • Como se utilizam? Devemos começar por uma bola maior e mais fácil de segurar pela nossa musculatura (provavelmente mais débil do que pensamos). Depois passamos para duas bolas unidas, que pesam mais, e na última fase, já peritas, escolhemos umas muito estreitas e pesadas. A boa notícia é que a musculatura pélvica fica muito “agradecida” e podemos passar de fase para fase muito rapidamente.
  • Antes da primeira utilização é importante esterilizá-las, colocando-as em água a ferver durante dez minutos. Depois convém fazê-lo de vez em quando. Devemos sempre lavá-las com água e sabão neutro antes de as introduzir na vagina, tendo também cuidado para que as mãos estejam limpas. Para as guardar, o ideal é um saco de pano que as isole da possível sujidade exterior.
  • forma de utilizar as nossas bolas chinesas é muito simples. Coloca-se um pouco de lubrificante na ponta da primeira bola e introduzem-se as duas bolas na vagina, na posição mais confortável. Devem ficar ambas atrás do músculo. As bolas parecem muito grandes, mas introduzem-se sem nenhum problema. Ao pormo-nos de pé a gravidade faz o seu trabalho e elas tendem a cair. A mulher contrai o músculo de forma inconsciente para evitar que caiam e dessa forma já está “a fazer pesos” com o seu pavimento pélvico.
  • Se não puder com elas pode fazer o exercício deitada. De costas, a mulher puxa o cordel de extração com a mão e com a musculatura tenta impedir que as bolas saiam. É uma espécie de luta consigo própria que a ajuda a fortalecer o músculo até conseguir aguentar sem problemas.
  • Durante quanto tempo devo utilizá-las? É aconselhável fazê-lo de forma progressiva, começando por caminhar com elas durante 15 minutos nas duas primeiras semanas e passando depois para 30 minutos. Se com o passar do tempo sentirmos desconforto no dia seguinte (rigidez) devemos passar alguns dias sem as utilizar, voltando ao tempo anterior durante mais uma semana.
  • Frequência. Podemos utilizá-las todos ou quase todos os dias durante 3 ou 4 meses, e depois não precisaremos delas durante muito tempo. Nessa altura continuamos com os nossos exercícios do pavimento pélvico habituais.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário