Centrada em si
Home Pavimento pélvico Incontinência Perdas ligeiras de urina? Preste atenção ao seu pavimento pélvico

Perdas ligeiras de urina

Muitas mulheres com ligeiros sintomas de pavimento pélvico debilitado não consultam um especialista porque pensam que é normal escaparem-se umas gotas de urina de vez em quando, sobretudo quando espirram, fazem um esforço ou se riem. O que acontece é que o que hoje é um ligeiro sintoma a que não dão grande importância, pode agudizar-se com a idade e converter-se num problema real de saúde que afeta a sua qualidade de vida.

Os sintomas de incontinência ligeira podem aparecer a qualquer momento da vida de uma mulher. Ocorrem normalmente nas mulheres que tiveram partos vaginais e manifestam-se frequentemente depois do parto, de forma esporádica, ou a partir da menopausa. A boa notícia é que se perante os primeiros sintomas levarmos o problema a sério, fazendo diariamente uma rotina de  exercícios simples, o nosso pavimento pélvico recupera o tónus em poucos meses.

Se levarmos a sério os primeiros sintomas, o nosso pavimento pélvico pode recuperar o tónus em poucos meses

Porém, nem todos os especialistas conhecem a fundo esta problemática. É importante ir à consulta adequada: alguns centros de saúde e hospitais dispõem de uma unidade de pavimento pélvico, em que colaboram conjuntamente diferentes profissionais: ginecologista, urologista, proctologista, fisioterapeuta, psicólogo e nutricionista. Estes avaliam o estado do seu pavimento pélvico e indicar-lhe-ão qual o procedimento mais aconselhável para fortalecer a sua musculatura.

Enquanto trabalha para tonificar o seu pavimento pélvico, para que essas incómodas perdas de urina, ainda que ligeiras, desapareçam, recomendamos que use protetores  especialmente desenhados para as perdas de urina. Existem protege-slips e compressas como os da gama TENA, que a farão sentir-se segura e fresca durante todo o dia, com a máxima discrição. Peça aqui amostras grátis.

Fonte: centradaenti.es

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário