TENA

Home #AvançamosJuntas com TENA Fazer exercício em tempos de Covid: 10 conselhos para nos mantermos fisicamente...

Fazer exercício em tempos de Covid: 10 conselhos para nos mantermos fisicamente ativas, em segurança

#AvançamosJuntas com TENA

0 12651

Gosta de se exercitar mas tem dúvidas sobre como continuar a fazê-lo em total segurança? Deixamos-lhe aqui várias dicas.


É importante que o Covid não seja uma limitação para nos mantermos ativas. O exercício é excelente para gerar um sistema imunitário forte, capaz de formar uma couraça contra os vírus, mas deve ser feito em condições de segurança. Não só por nós mesmas, mas também como sinal de solidariedade face aos demais.

1. Encontre uma motivação para abandonar a preguiça

Quanto mais tempo passamos em casa, mais fácil se torna esquecer a nossa rotina de atividades diárias. Muitas vezes convertemos em “desculpa” a vontade de não sair. Além disso, muitos dos nossos espaços de frequência habitual estão fechados e, por isso,  já não estamos a fazer aquele exercício casual motivado pelas deslocações ou por sair para fazer recados.
É fundamental estarmos motivadas: encontre uma atividade física de que realmente goste, varie as rotinas para as manter interessantes, defina metas alcançáveis e que possa superar, planifique o dia de forma a guardar tempo para praticar exercício físico e anote os progressos que vai conseguindo.

2. Seja consciente dos enormes benefícios da atividade física

Entre as muitas vantagens que podemos obter ao incluir a prática de exercício físico na nossa rotina diária encontramos: reduzir o risco de problemas de saúde, como acidentes cérebro-vasculares doenças cardíacas, controlar o peso, diminuir os níveis de stress e ansiedade, melhorar o sono… Em suma: melhorar a nossa qualidade de vida e aumentar os níveis de prevenção.

3. Saia de casa em segurança

Sair à rua para fazer exercício envolve todas as responsabilidades que temos agora de cumprir: levar máscara, manter a distância social de segurança, limpar as superfícies que vamos tocar…  E sim, temos muitas atividades à nossa disposição. A mais óbvia é caminhar. Comece por meia hora e vá aumentando progressivamente este tempo.
Procure sair sempre que possa: o ar fresco e o sol proporcionam uma impulso adicional à nossa saúde mental.

4. Encontre-se com alguma amiga

Talvez lhe pareça aborrecido sair sozinha para caminhar ou para fazer exercício. Mas porque não convidar uma amiga de confiança que a possa acompanhar regularmente? É melhor recorrer a uma única amiga do que a várias porque assim reduz riscos, e manter a mesma relação sempre gera confiança e segurança.
Além disso, uma boa companhia sempre ajuda a manter-nos motivadas.

5. Lave as mãos com frequência

Por força do hábito, costumamos tocar muitas superfícies quando saímos para fazer exercício. Por exemplo, corrimãos ou objetos do parque. Não se esqueça de lavar as mãos com frequência. É o que nos ensinou esta pandemia. Leve consigo gel hidroalcoólico para a eventualidade de não ter água por perto durante a sua saída.

6. Experimente praticar ioga

Por muitas razões, o ioga é uma das atividades na moda. A primeira, obviamente, porque propõe exercícios com posturas muito apropriadas e cómodas. E a segunda, não menos importante, porque no alivia o stress e relaxa.

Há muitos cursos online ministrados por monitores especializados, mas se preferir  fazer ioga em centros especializados,  assegure-se de que vai ser possível manter a distância de segurança.

7. Converta a sua casa no melhor dos ginásios

Se tiver espaço disponível, escolha uma zona agradável da casa para fazer exercício. Pode começar por fazer flexões contra a parede depois ir progredindo até ser capaz de as fazer contra a bancada da cozinha, a mesa do café e, finalmente, o chão.

E não desdenhe do poder de subir e descer escadas. É um dos melhores exercícios que pode fazer e dos mais seguros, pois é provável que não encontre muitas pessoas a subir e descer escadas. Trata-se de uma atividade aeróbica que oferece benefícios como queimar gorduras e a melhoria da saúde cardiovascular.

8. Treine com pesos

Os exercícios de força são sempre fantásticos, mas a partir dos 50 são ótimos para combater eficazmente a perda de massa muscular e prevenir as sempre temíveis quedas. Se não tiver pesos, faça-os você mesma: basta usar garrafas de água cheias.

9. Inscreva-se em aulas de fitness online 

O Covid fez disparar o uso das redes sociais e os cursos online. Cada vez são mais e melhores. Porque não prova inscrever-se num curso de fitness online que poderá seguir através do televisor de casa? Vai obter regularidade e um monitor especializado que sempre orientará os seus passos.

10. Organize exercícios em grupo por Zoom ou Skype

Não deixe que a distância seja um obstáculo. Aproveite as tecnologia disponíveis para estar com um grupo de amigos em rede através de plataformas como o Zoom ou o Skype. É algo que nos países anglo-saxónicos está a causar grande furor. Não só permite manter-nos ativas, mas também manter e fomentar as relações sociais.  

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas: