TENA

Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e saúde Causas e como lidar com a dor de costas

Causas e como lidar com a dor de costas

Pavimento pélvico e saúde

Dor de costas
0 24995

Atenção! As perdas de urina indicam que a sua musculatura pélvica está debilitada e é muito provável que os incómodos na zona lombar tenham a mesma origem. Dizemos-lhe porquê e como enfrentar este problema.


A dor de costas pode estar relacionada com um grande número de fatores e muitas vezes é difícil saber quais são as verdadeiras causas deste problema incómodo. Podemos distinguir entre a dor de costas relacionada com um problema orgânico, que foi detetado através de exames médicos, e a dor de costas de origem inespecífica, que pode dever-se a causas muito variadas. Um dos fatores que pode desencadear a dor de costas, segundo muitos estudos, é a alteração dos músculos pélvicos.

A relação entre o pavimento pélvico e a coluna assenta na função de estabilização que estes músculos desempenham sobre as articulações da pélvis. A pélvis é a base onde se apoia a coluna (ver imagem). Se a base estiver instável, porque os músculos do pavimento pélvico não são capazes de estabilizá-la, é muito provável que a coluna também não esteja estável e, portanto, que surja a dor.

Um pavimento pélvico debilitado não consegue cumprir a função de estabilizar corretamente a coluna e pode provocar dores.

pelvis

  • Se tem dor de costas e, além disso, incontinência urinária, é muito provável que a origem dos dois problemas seja a debilidade da musculatura, uma vez que esta é incapaz de cumprir convenientemente a função de suporte e estabilização da coluna.
  • Se consultou um ortopedista para aliviar as dores de costas, informe-o de que tem perdas de urina para que este especialista verifique se a origem do problema está relacionada com a sua musculatura pélvica.
  • Independentemente disso, é muito importante fazer uma avaliação do pavimento pélvico para perceber o estado e condição destes músculos.
  • Praticar de forma frequente exercício de tonificação e fortalecimento do pavimento pélvico vai ajudá-la a manter sempre esta estrutura muscular nas melhores condições possíveis e que a coluna tenha melhor estabilidade.
  • Tenha cuidado com a sua higiene postural: como se senta, como se levanta da cama (vira-se para o lado da cama por onde vai levantar-se e ergue-se com o auxílio da mão contrária) ou como levanta um peso? Esteja atenta à forma como posiciona o corpo para não sobrecarregar as costas nem provocar instabilidade entre as costas e o pavimento pélvico.

De qualquer modo, nunca se esqueça que vai sentir-se mais segura se, para se proteger de perdas de urina indesejadas, usar absorventes específicos como os que lhe oferece TENA Mulher. Obtenha amostras grátis aqui.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas: