TENA

Home Beleza Como evitar o frio? O truque das japonesas para acelerar o metabolismo

Como evitar o frio? O truque das japonesas para acelerar o metabolismo

Beleza


Como evitar o frio? O truque das japonesas para acelerar o metabolismo
0 1596

Perder peso pode ser um pesadelo a partir dos 50. Mas a cultura japonesa oferece-nos uma ajuda para algo tão importante que é conhecido como ativar o metabolismo. Como? Evitando o frio.




Se deseja perder peso, na verdade só há duas coisas principais que deve fazer: fazer exercício com regularidade e cumprir uma dieta equilibrada e saudável. Não é nenhum segredo! No entanto, sempre haverá conselhos e truques que nos ajudarão a eliminar os quilos a mais. Neste caso, as dicas chegam-nos do longínquo Oriente. O Japão é muito conhecido pelos seus métodos de perda de peso e bem-estar, particularmente aqueles que ativam o metabolismo e fazem com que a gordura desapareça mais rapidamente. Aqui, contamos-lhe um dos segredos nipónicos mais bem guardados…

As japonesas são célebres pelos seus truques de beleza e agora revelam-nos qual é o truque para acelerar o metabolismo. Dizem que se o nosso corpo baixar a temperatura, o ritmo do metabolismo também baixa e a regeneração celular desacelera. O ideal é manter uma temperatura estável. De forma geral, podemos dizer que as reações metabólicas desaceleram a temperaturas baixas e aceleram em condições de altas temperaturas. Dizendo de outro modo, como bem nos explica a cultura japonesa, o metabolismo é mais rápido quando a temperatura é mais alta.

Japão, a cultura dos banhos termais e do metabolismo

Se visitar as águas termais japonesas é já uma grande experiência em si mesmo, a verdade é que esta atividade oferece muitos benefícios ao corpo, à mente, à alma e à beleza. De facto, a exposição às altas temperaturas da água pode ajudar-nos a relaxar os músculos, a eliminar toxinas, a diminuir a inflamação e a promover o sono. Segundo uma investigação recente, publicada no Journal of Applied Phisiology, submergir em águas quentes também pode acelerar o metabolismo e, portanto, ajudar a perder peso. E pode criar a sua própria “experiência Onsen” (os populares banhos termais japoneses) na privacidade da sua casa de banho com sais de banho japoneses, que se estão a tornar populares em todo o mundo.

Ative o seu coração

As japonesas são muito fãs do exercício cardiovascular. Ainda que “fazer que o sangue flua” ajude a aumentar a temperatura corporal central, o exercício cardiovascular intenso ou prolongando (como correr), na verdade, pode provocar a curto prazo uma diminuição da temperatura da pele à medida que se transpira. Desta forma, alguns saltos rápidos podem ser mais eficientes para aumentar o ritmo cardíaco e aumentar a circulação, o que por outro lado aumenta a temperatura corporal e ativa o metabolismo. Caminhar é outra grande opção.

O segredo está nas suas axilas

Os dedos das mãos e dos pés podem ser as primeiras partes do corpo a sofrer uma descida de temperatura. Mas há um segredo que é muito conhecido no Japão…  O nosso corpo tem um centro de aquecimento incorporado: as nossas axilas. Assim, ponha as mãos debaixo das axilas, abrace o calor do seu corpo perto de si e aqueça os seus dedos. E não é preciso que esteja frio para fazer este simples exercício. O seu metabolismo vai agradecer-lhe.

O poder do chá, do café e das sopas

Uma bebida morna e relaxante pode aquecer o seu corpo rapidamente, inclusive poderá sentir calor ao ingeri-la. O vapor de um chá quente também pode aquecer o corpo. E outra coisa curiosa: não são os japoneses conhecidos pelas sopas saborosas? Têm um efeito similar ao do chá ou do café, aquecendo o corpo enquanto as ingerimos. São outra forma perfeita de estimular o metabolismo.

Mais ferro

Comer alimentos que contenham ferro pode reduzir as possibilidades de anemia, o que costuma provocar sensação de frio com mais frequência, pelo que aumentar a ingestão de ferro através de fontes alimentares é uma grande ideia. Os mariscos, as carnes vermelhas, o feijão verde e os brócolos possuem um alto teor de ferro. Outra opção são os suplementos.

Meditação

A investigação mostra que inclusive as pessoas sem experiência em meditação podem elevar a temperatura central do corpo com o recurso a técnicas de meditação e visualização. Estas técnicas, chamadas “tumo” e de origem tibetano, permitem visualizar um lugar mais quente para desta forma causar um aumento da temperatura corporal central.

Respiração

Guarde um pouco de tempo ao final do dia para relaxar com a ajuda da respiração. Ao mesmo tempo, vai contribuir para aumentar a sua temperatura corporal. E como os japoneses sabem muito disto, aqui tem uma nova tendência que está na moda. Chama-se “Long Breath Diet” e, como imagina, utiliza a respiração para baixar o peso via metabolismo. O método implica estar de pé numa posição determinada para depois fazer uma inspiração durante 3 segundos e exalar com força durante 7 segundos. Tão simples como isto.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:
Centrada em si