TENA

Centrada em si > Pavimento pélvico > Pavimento pélvico e maternidade > Benefícios do Mindfulness na maternidade
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e maternidade Benefícios do Mindfulness na maternidade

Benefícios do Mindfulness na maternidade

Pavimento pélvico e maternidade


0 2168

Aplicar o mindfulness à maternidade? Durante esta etapa de vida, são muitas as tarefas e preocupações a que temos de fazer frente. Por isso, estarmos conscientes do momento presente e viver de modo pleno o aqui e agora é vital para vivermos a maternidade da melhor forma possível.




Se é uma leitora habitual dos nossos artigos, já estará certamente muito familiarizada como o conceito mindfulness. Trata-se da nossa capacidade para viver o momento presente de maneira plena e consciente, usufruindo dos pequenos momentos, concentradas e tranquilas.

Durante a maternidade e no processo de educação dos filhos, esta é uma capacidade tão necessária como desejada e difícil de alcançar. Tanto nos primeiros anos da infância como nas etapas mais complexas, como a adolescência, temos que enfrentar muitas solicitações ao mesmo tempo: a gestão das nossas emoções como mães, a responsabilidade e dedicação, a falta de tempo para nós mesmas, a avassaladora quantidade de obrigações e pequenas tarefas diárias, o próprio processo de educação…

Os dias vão passando enquanto vamos fazendo as tarefas de maneira automática, e as preocupações impedem-nos de usufruir plenamente do momento presente.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é banner-videopromo-contenido-PT-1.gif

Aplicar as técnicas do mindfulness, ou “mente plena”, à nossa maternidade vai ajudar-nos a ser menos ”reativas”, a não ter as emoções “à flor da pele”, a pensar com calma, a ver cada situação em perspetiva e a sair da roda em que muitas vezes a maternidade nos deixa presas.

Como todas as técnicas, o mindfulness precisa de ser trabalhado e praticado, dedicando-lhe alguns minutos todos os dias para que se possam ir produzindo pequenas alterações nos nossos hábitos de vida:

  • Procure ter momentos de silêncio. É já muito bom pelo menos um minuto em que só se concentre em si mesma, em sentir-se enraizada no momento presente, enquanto respira lentamente.
  • Experimente o processo de estar plenamente focada em cada área da sua vida e evite toda a superficialidade que reclama constantemente a sua atenção: não esteja sempre a conferir o telemóvel, procura deixá-lo em silêncio muitas vezes e/ou deixe-o num lugar afastado para que o consulte apenas quando quiser.
  • Aprenda pouco a pouco a controlar os pensamentos. Certamente que enquanto está a brincar ou falar com os seus filhos já foi assaltada por pensamentos sobre o que ainda tem que fazer (“tenho que…”, “deveria estar a fazer…”). Se se deixar levar por estes pensamentos, estará desatenta ao precioso momento presente e, sobretudo, predispõem-se a que surjam sintomas de ansiedade.
  • Vamos dar-lhe uma notícia: nunca será capaz de fazer tudo! Por isso, se se centrar no momento presente, descobrirá que o que realmente importa e o que a faz verdadeiramente sentir satisfeita são os momentos plenos e de qualidade com as pessoas que quer.
  • Ajude-se a si mesmo criando compartimentos de tempo na sua vida. O tempo de se sentar com o seu filho ou filha não é o tempo de trabalhar, nem de cumprir as tarefas domésticas. Quanto mais fizermos ao mesmo tempo, menos nos sentiremos a comandar a nossa vida. Nem sempre podemos cumprir o que nos propomos fazer, mas, na medida do possível, limite as multitarefas.
  • Pare muitas vezes e agradeça tudo o que tem. Vai ajudá-la a tomar consciência do positivo da maternidade para além do cansaço que muitos momentos podem causar.

Ponha tudo isto em prática e certamente vai começar a sentir imediatamente os benefícios do mindfulness em si mesma e à sua volta.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas: