Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Psicologia O seu estado de espírito está a afetar-lhe a saúde?
banner_MUESTRA

O seu estado de espírito está a afetar-lhe a saúde?

Psicologia

O seu estado de espírito está a afetar-lhe a saúde?
0 17713

Sabia que existe uma relação muito direta entre o seu estado de espirito e a sua saúde? Damos-lhe as chaves para aprender a mudar situações de stress que afetem a sua qualidade de vida.


Partilhe com as suas amigas:

Está demonstrado que as emoções e os pensamentos são sempre acompanhados de reações bioquímicas no corpo. Todas as doenças físicas têm um componente emocional e psicológico. O corpo e a mente formam uma unidade e estão intimamente ligados através dos sistemas imunitário, endócrino e nervoso central.

Os órgãos do corpo comunicam diretamente com o cérebro e avisam-no das suas carências ou necessidades mas, da mesma forma, o cérebro transmite pensamentos e emoções ao resto do corpo. Assim, o nosso corpo é estruturado pelos nossos pensamentos, crenças e emoções.

O estado emocional influi em todas as doenças. Diz-se que os fatores mais importantes da saúde são a esperança, a autoestima e a educação. Certamente que conhece casos de doenças que têm consequências diferentes conforme o modo como a pessoa as tenha enfrentado e as esperanças que tenha na cura.

Todos os dias temos oportunidade de criar uma boa saúde com a nossa atitude mental.

stress é o estado psicológico mais prejudicial para a saúde humana. Está relacionado com cardiopatias, doenças pulmonares e hepáticas. A depressão, por sua vez, influi negativamente no cancro.

Ambos podem favorecer a precipitação de uma doença e agravá-la. Quando estamos sob stress ou extremamente tristes podemos observar como nada funciona com regularidade, as nossas defesas baixam e o risco de adoecer aumenta consideravelmente. Não é o stress que causa os problemas do sistema imunitário, mas a perceção de que não se pode fazer nada para o impedir. E isso, sim, podemos mudar!

Nós e o stress

O stress afeta toda a gente por igual, mas as mulheres sofrem determinadas doenças caracteristicamente femininas.

– Perturbações do aparelho sexual e reprodutor: Os órgãos genitais femininos são muito vulneráveis aos distúrbios emocionais. Com o stress muitas mulheres têm bastantes probabilidades de notar alterações da sua menstruação, comichões, fungos, dores pélvicas…

– Perda de autoestima: Quando nos encontramos num estado emocional intenso tendemos a perder de vista o cuidado de nós próprias, esquecemo-nos de nós, de nos mimarmos e de gostarmos de nós mesmas.

– Perturbações do pavimento pélvico. O stress agrava muito as perdas de urina. Independentemente da gravidade do problema, é muito importante manter uma  atitude positiva. Devemos tentar manter-nos tranquilas, informarmo-nos da razão pela qual ocorre e darmo-nos conta das múltiplas opções que temos para resolver o problema. Exercitar o nosso pavimento pélvico e manter a autoestima elevada são as chaves de uma recuperação precoce.

Devemos mudar as crenças negativas  que temos sobre nós mesmas. Isso ajudar-nos-á a melhorar a nossa saúde, porque as células do corpo renovam-se continuamente e a cada dia que passa temos uma nova oportunidade para criar uma boa saúde.

Fonte: centradaenti.es

Pode também interessar-lhe...

  • Diga adeus ao pessimismoDiga adeus ao pessimismo Apresentamos-lhe alguns conselhos simples que pode começar já a pôr em prática para combater esses pensamentos negativos que tentam […]
  • 6 truques para manter a sua energia mental6 truques para manter a sua energia mental Às vezes sente-se triste e apática? Necessita de um empurrão para enfrentar o dia-a-dia? Lute contra as emoções negativas com estes […]
  • Como cumprir as resoluções de ano novoComo cumprir as resoluções de ano novo Se não quer que as suas resoluções de ano novo acabem por cair no esquecimento, pense nos aspetos que quer melhorar e defina a sua vida […]
  • Não se esqueça de si este Natal!Não se esqueça de si este Natal! Cuide dos outros sem se retirar a si própria da lista. Não permita que toda a responsabilidade dos preparativos seja toda sua, não exija a […]
Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário