Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Psicologia Cuide da sua autoestima: conheça os seus direitos e comece a defendê-los
banner_MUESTRA

Cuide da sua autoestima: conheça os seus direitos e comece a defendê-los

Psicologia

direitos
0 1142

Dia 8 de março celebra-se o Dia Internacional da Mulher, e graças a ele aproveitamos para recordar a luta da mulher para participar na sociedade em igualdade de condições com o homem. Saber quais são os nossos direitos fundamentais e defendê-los fará com que desenvolvamos uma autoestima saudável. Descubra se os conhece todos.


Partilhe com as suas amigas:

A luta das mulheres ainda tem muito caminho pela frente. Mas para que o nosso crescimento como pessoas e que a nossa participação na sociedade se desenvolva em igualdade de condições com os homens, devemos começar por nós mesmas e pelo nosso entorno. Ter uma autoestima equilibrada é fundamental para consegui-lo.

Em primeiro lugar, devemos reconhecer que temos direitos fundamentais que devemos ter em conta e defender na nossa relação com as pessoas que nos rodeiam. Saber impor limites aos demais e defender de forma adequada quem somos, as nossas decisões e prioridades em dado momento é fundamental para que nos sintamos bem connosco mesmas e na nossa relação com os demais.

Conheça estes direitos e aprenda a impor limites para que a respeitem e que se sinta respeitada. Propomos-lhe o seguinte: leia estes direitos e pense honestamente: qual ou quais não está a cumprir?

  • Tem direito a ser tratada com respeito e dignidade
  • Tem o direito a ser ouvida
  • Tem o direito a expressar os seus sentimentos e opiniões
  • Tem o direito a decidir quais são as suas prioridades e necessidades, e a tomar as suas próprias decisões ainda que estas não pareçam lógicas aos que a rodeiam
  • Tem o direito a dizer ‘não’
  • Tem o direito a errar
  • Tem o direito a mudar
  • Tem o direito a dizer ‘não sei’
  • Tem o direito a desfrutar, a superar-se e ser bem-sucedida

Agora ponha em marcha um plano de ação para começar a mudar os que estão por cumprir na sua lista. Vai começar a sentir-se mais segura, mais forte e mais respeitada por si mesma e pelos outros!

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:
Foto: iStock.com / Vesna Andjic

Deixe-nos um comentário