Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e costas Conselhos de higiene postural básica
banner_MUESTRA

Conselhos de higiene postural básica

Pavimento pélvico e costas

postura
0 21546

A postura que adoptamos quando nos sentamos, levantamos ou pegamos em pesos tem efeito direto na saúde das nossas costas e do nosso pavimento pélvico. Damos-lhe alguns conselhos sobre as melhores posturas a adoptar na sua vida diária.


Partilhe com as suas amigas:

Como já deve ter lido aqui no Centrada em Si, a relação entre as nossas costas e a pélvis é estreita. Se estas estruturas não estão corretamente alinhadas, bem colocadas, costas retas e pélvis em posição neutra, o funcionamento correto da musculatura do pavimento pélvico pode ser comprometido e, se a musculatura pélvica está debilitada ou não está corretamente posicionada, provoca dores de costas.

É por isso que a nossa postura é tão importante. Se não quer ter problemas futuros, deve aprender e assumir posturas corretas na sua vida diária: quando está sentada, em pé ou quando levanta objetos pesados, por exemplo.

Adopta posturas incorretas?

A pressa e a falta de atenção em relação a nós mesmas faz com que não nos demos conta das posturas que adoptamos diariamente. Mais tarde tudo isto pode passar-nos fatura, por isso tome nota:

  • Mexa-se! Não fique muito tempo sentada. Se devido ao nosso trabalho ou outros motivos não o podemos evitar, devemos acostumar-nos a fazer “pausas posturais” de tempos a tempos: levantar-nos da cadeira e andar um pouco, ou fazer alongamentos. Não devemos sobrecarregar o nosso corpo.
  • Suavidade: não execute movimentos bruscos e não adopte posturas forçadas.
  • Cuidado ao sentar-se! Não deixe que as costas “caiam”, deve mantê-las retas e assegurar-se que está sentada sobre os ísquios, os ossos que “sentimos” ao sentar-nos corretamente.
  • Levantar pesos: deve fletir os joelhos e não as costas para protegê-las e não danificar o seu pavimento pélvico. Procure ajuda se o peso é excessivo.
  • O nosso ambiente circundante: cuidado com móveis que não estão à sua altura ou que a obriguem a alongamentos excessivos e posturas forçadas, recorra a bancos, degraus ou caixas para alcançar objetos em móveis altos sem dificuldades e em segurança; ou para elevar os pés quando está sentada. É necessário encontrar mecanismos para que tudo seja acessível e compatível com o nosso corpo.

A higiene postural, juntamente com uma alimentação saudável e os exercícios adequados específicos, podem manter o pavimento pélvico saudável e prevenir problemas futuros, como incontinência urinária e dores de costas.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário