Centrada em si
Home Psicologia A importância das amigas

A importância das amigas

Quem tem uma amiga, tem um tesouro. Uma frase que encerra um universo de confidências, cumplicidades e suporte vital. As amigas estão sempre do nosso lado. Ajudam-nos, partilham connosco e fazem parte da  nossa rede de apoios: incondicionais, divertidas, motivadoras… Quantos problemas ou dificuldades da vida partilhou com elas?

Na menopausa, enfrentamos muitos problemas próprios desta etapa. Alguns desses sintomas podem influir especificamente na forma como nos relacionamos com os outros. A falta de energia, os afrontamentos ou a insónia são suscetíveis de nos conduzir a situações em que nos sintamos com menos vontade de estar com as amigas ou de fazer planos com elas.

Mesmo que se sinta cansada ou com pouca energia, não renuncie a sair com as amigas. Voltará sempre a casa com uma dose de renovada positividade.

Cuidado! Isso é um risco que devemos evitar. Quanto menos sairmos menos queremos sair. Se a isso somarmos os mal-entendidos que às vezes surgem quando dizemos muitas vezes “não”, o resultado é sentirmo-nos ainda mais sós.

Sabemos que as pessoas não podem viver isoladas. De facto, a qualidade das nossas relações sociais é um fator que permite prever como será também a qualidade de vida na nossa idade adulta. Necessitamos de uma rede social em que possamos apoiar-nos e confiar.

O que as amigas nos dão

Falar sobre o que nos está a acontecer com o nosso círculo de amigas é positivo por muitas razões:

  • Ao partilhar o problema com outras pessoas que estão na mesma situação, normalizamos o que nos está a acontecer e sentimo-nos mais compreendidas.
  • Isso ajuda-nos a desmontar crenças negativas sobre nós mesmas e a lidar com pensamentos negativos do tipo “não vejo as outras com tantos sintomas” ou “estou pior”.
  • Quando se apoia noutras pessoas que estão a passar pela mesma situação está a criar um espaço no qual partilhar e procurar soluções. Alguma vez se perguntou que pensamentos positivos ajudam as suas amigas a enfrentar cada dia, o que é que as entusiasma?
  • Sabemos que o exercício físico tem um papel muito importante na forma como enfrentamos a menopausa. Experimente formar equipa para realizar alguma atividade física. Sempre lhe será mais fácil motivar-se e todas sairão a ganhar.
  • Consegue falar de sexo  com as suas amigas? Durante a menopausa também surgem sintomas como secura vaginal e outras mudanças que podem modificar o modo como vivemos a nossa sexualidade. Falar sobre a forma como está a viver essa fase ajuda a ver a situação de outros pontos de vista.
  • Entre os seus sintomas inclui-se a incontinência urinária? Lembre-se de que uma em cada quatro mulheres a terá em algum momento da sua vida, por isso é muito possível que no seu grupo de amigas também haja alguém que esteja na sua situação. Fale disso para ver o que têm em comum e como resolver o problema. Assim conseguirá desdramatizar algo que é mais habitual do que pensamos.

Em definitivo, quando partilhamos o que nos está a acontecer com as amigas, aprendemos a:

  • Procurar soluções
  • Não nos sentirmos sozinhas nas dificuldades
  • Viver a nossa vida e os problemas com sentido de humor

Certamente que após uma conversa entre amigas se sente com mais alegria, energia e positividade para enfrentar o dia-a-dia e essa etapa da sua vida.

E lembre-se de que se tem incontinência urinária é muito importante confiar num produto adequado enquanto resolve o seu problema. Nem todos servem, tenha o cuidado de usar pensos específicos para o pH e a densidade da urina, como os da gama TENA. Quer experimentá-los? Peça amostras grátis aqui.

Pode também interessar-lhe...

  • Como combater a solidão da menopausaComo combater a solidão da menopausa Nesta etapa é normal sentir-se perdida, mas existem mecanismos para receber o apoio de que necessita. A família, o companheiro, um […]
  • Combater a rotina do casalCombater a rotina do casal Sente que nada é como antes na sua relação amorosa? Não sente o mesmo desejo que antes? As coisas mudam com o tempo, sobretudo em momentos […]
  • Enfrente a passagem do tempoEnfrente a passagem do tempo A sociedade transmite muitas ideias preconcebidas sobre a mulher na idade madura que muitas vezes nos impedem de avançar e geram […]
  • Nunca diga ‘já é tarde’Nunca diga ‘já é tarde’ Se é daquelas pessoas que pensam que a vida se divide em compartimentos estanques e que o que não fez até agora já não vai fazer, mude de […]
Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário