TENA

Home Saúde Atividade física Porque é que o exercício físico é tão benéfico na menopausa?

Porque é que o exercício físico é tão benéfico na menopausa?

Atividade física

beneficios-700x467
0 17730

Os benefícios da atividade física não são apenas físicos, mas também psicológicos. Durante a menopausa, ajuda ainda a melhorar o seu estado de ânimo. Tome nota.


Há várias décadas que se estudam os benefícios psicológicos e emocionais do desporto em geral, e já sabemos que é especialmente recomendável em mulheres que estão a passar por etapas concretas como a menopausa. Alguns dos seus sintomas (dor de cabeça, insónia, aumento de peso ou dificuldades de concentração) melhoram consideravelmente com a prática de atividade física, especialmente do tipo aeróbico.

Mas a menopausa é um momento em que as mudanças que vivemos podem afetar-nos de forma negativa e provocar-nos alterações consideráveis de estado de ânimo. O exercício ajuda-nos a gerir essas emoções que acabam por passar fatura ao nosso corpo.

O exercício ajuda-nos a reduzir o impacto dos sintomas e das emoções negativas próprias desta etapa

Quando aumentam os nossos níveis de ansiedade, ou estamos a atravessar etapas com demasiadas emoções negativas (como a raiva ou tristeza), é no nosso corpo que estas se manifestam em forma de dores, contrações ou tensão muscular.

Na verdade, o número de mulheres que praticam exercício físico é menor do que o de homens , pelo que é muito importante que nos consciencializemos que praticar atividade física de forma regular fará com que nos sintamos melhores connosco mesmas. Segundo estudos específicos elaborados com mulheres com mais de 55 anos, como o de Campos et al, da Universidade de Valência, o exercício físico produz benefícios psicológicos como:

  • Melhora a nossa autoestima em geral;
  • Melhora a nossa autoimagem em termos físicos;
  • Aumenta a satisfação com a vida;
  • Reduz os níveis de ansiedade.

Se quer sentir-se bem, procure uma atividade física com que se sinta confortável e dedique-se a ela regularmente. Pode ser caminhar, ioga, pilates, correr.. o que lhe dê menos preguiça, para que não desista pouco depois de começar. A rotina é fundamental para começar a sentir os efeitos em pouco tempo. Não só os psicológicos, como também os físicos.

O mesmo estudo assinala que, por exemplo, a prática moderada de exercício físico também melhora os sintomas de doenças específicas, como a fibromialgia. Ainda tem dúvidas? Mexa-se!

Pode também interessar-lhe...

  • Melatonina: mitos e verdadesMelatonina: mitos e verdades Há alguns anos, a melatonina surgiu como o “medicamento” milagroso para tratar a insónia e regular o sono, mas será realmente assim tão […]
  • Adapte-se às mudanças da menopausaAdapte-se às mudanças da menopausa Sente-se triste ou com ansiedade? Estes sentimentos são naturais e importantes na menopausa. No entanto, não devemos vê-los unicamente […]
  • Dicas para levantar o ânimoDicas para levantar o ânimo Muitas vezes, com a menopausa, sofremos alterações no estado de ânimo, como a depressão ou a irritabilidade. Determinadas mudanças na […]
  • Atenue os efeitos da idade com exercício físicoAtenue os efeitos da idade com exercício físico Não há motivos para a nossa qualidade de vida diminuir a partir dos 50, uma idade a partir da qual a menopausa e o envelhecimento muscular […]
  • Como enfrentar a incontinência urináriaComo enfrentar a incontinência urinária Adaptar-se às alterações inevitáveis que este problema provoca implica um processo de normalização. Para que este processo funcione […]
  • Os benefícios de dançarOs benefícios de dançar Dançar é uma excelente maneira de se manter em forma e é adequada para todas as idades. Além de ser divertido, sabia que tem inúmeros […]
Partilhe com as suas amigas:
Foto: iStock.com / OJO_images

Deixe-nos o seu comentário