Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

TENA Centrada em si
Home Psicologia É hora de levantar o ânimo
TENA Silhouette

É hora de levantar o ânimo

Psicologia

emoções femininas
0 439

Nós, mulheres, estamos expostas a vaivéns e depressões cíclicas por culpa das nossas hormonas. Assumimos estas situações como algo inevitável e natural, mas quando afetam significativamente a nossa qualidade de vida, um tratamento hormonal pode devolver-nos o equilíbrio.


Partilhe com as suas amigas:

Do início do nosso período fértil até aos rigores da menopausa se estabilizarem, quase todas nós sofremos flutuações anímicas nas diferentes etapas da nossa vida reprodutiva que, mesmo que não cheguem a representar um problema médico, por vezes determinam dificuldades no trabalho, no estudo, nas relações com as outras pessoas e, inclusive, na interação com nós mesmas.

Ao contrário do homem, que tem níveis mais ou menos estáveis de hormonas sexuais, a secreção de estrogénio e progestagénios na mulher é um fenómeno “cíclico”. A conhecida síndrome pré-menstrual afeta 20 a 40% das mulheres, apresentando na última semana do ciclo um estado deprimido, instabilidade emocional, maior irritabilidade ou nervosismo.

Por outro lado, a transição menopáusica representa outro momento de especial risco na vida hormonal da mulher: até 50% das mulheres padecem sintomas depressivos a partir do momento em que os ciclos menstruais começam a ser mais largos até ao primeiro ano depois do último período menstrual.

Parece que nos momentos da vida onde existe uma assinalada flutuação dos estrogénios, a mulher é especialmente vulnerável. Além disso, à medida que se vão acumulando sintomas ou episódios depressivos (muitas vezes relacionados com vivências tão comuns hoje em dia como pode ser uma separação, desemprego, etc.), a mulher fica mais exposta a padecer um novo episódio em cada fase futura da sua vida.

É verdade, como assinalam numerosos estudos, que outros fatores, como o estado de saúde, a situação socioeconómica e a percepção pessoal do stress, podem influenciar mais o estado de ânimo diário do que o dia do ciclo no qual nos encontramos. Mas aquelas mulheres que sofrem especialmente estes transtornos emocionais veem alterada de forma significativa a qualidade das suas vidas…

Como minimizar esta instabilidade emocional?

Se esta é a sua situação, consulte o seu ginecologista e peça ajuda. O especialista individualizará o seu caso, analisando a sua situação pessoal e o seu estado de saúde. Se ainda está em idade fértil, há tratamentos, como alguns anticonceptivos, que reduzem estes efeitos e permitem estabilizar “os malditos estrogénios” femininos. Se já passou esta etapa e está a sofrer os vaivéns que acompanham a menopausa, uma terapia hormonal substitutiva (THP) adequada ao seu caso ajudará a equilibrar os níveis hormonais e reduzirá os sintomas e também a ansiedade.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos o seu comentário