Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

TENA Centrada em si
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e maternidade Como prevenir problemas de pavimento pélvico na gravidez?
TENA Silhouette

Como prevenir problemas de pavimento pélvico na gravidez?

Pavimento pélvico e maternidade

0 1518

Como preparar-se para o grande dia? É possível conseguir que o nosso pavimento pélvico não sofra tanto no parto? Partilhamos duas dicas para potenciar a elasticidade desta musculatura e fortalecê-la.


Partilhe com as suas amigas:

Além de se ter cuidado com a alimentação, recomenda-se o seguinte:

  • A massagem perineal:

É uma técnica que permite obter uma maior elasticidade dos tecidos à volta da vagina. Realiza-se a partir da 35ª semana de gestação e diminui consideravelmente a dor pós-parto, a dispareunia (dor nas relações sexuais), a necessidade de fazer episiotomia e os rasgos do períneo no parto.

  • Os exercícios de fortalecimento da musculatura do pavimento pélvico, de forma orientada e intensiva, isto é, com a monitorização de fisioterapeutas.

Um programa de exercícios é muito vantajoso nos primeiros partos, sobretudo quando se apresenta o risco de certo grau de incontinência urinária no primeiro e no segundo trimestre de gravidez. Esta terapia ajuda a fortalecer o esfíncter uretral e a manter a bexiga na posição adequada para que não desça e possa ser causa de incontinência no final da gravidez e no pós-parto.

Quanto mais consciente for o nosso corpo das nossas sensações, mais nos ajudará a enfrentar o parto de uma maneira relaxada.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos o seu comentário