Centrada em si
Home Psicologia 6 truques para manter a sua energia mental

6 truques para manter energia mental

Todas sentimos o cansaço físico mas a fadiga mental, que se traduz em tristeza, aborrecimento, preocupação, irritabilidade e stress generalizado, pode ser nociva para a sua vitalidade e esgotá-la por completo. Se identificar a fonte destes sentimentos negativos e atuar em conformidade, o seu cérebro agradecer-lhe-á. Aqui tem algumas pistas para recobrar o ânimo:

1. – “Aquaterapia”: quando se sentir mentalmente esgotada, lave a cara e, se puder, tome um duche. Quando sair do duche verá com outros olhos aquilo que a ultrapassava.

2. – Ponha-se bonita: se se sentir dominada pela preguiça, esqueça-se do fato-de-treino ou da cómoda sweatshirt que está a usar, aposte naquela saia que guarda para as ocasiões especiais e olhe-se ao espelho. Se a energia não sai do nosso interior, ajudemo-la a partir do exterior!

3. – Expresse as suas emoções: guardar para si sentimentos negativos como o medo, a ansiedade ou o stress não é a melhor forma de os superar. Falar disso com outra pessoa ajudá-la-á a relativizá-los.

4. – Oiça música: a música é uma das melhores terapias contra o mau humor e a ansiedade. As canções que lhe proporcionam “bem-estar” terão efeitos quase imediatos.

As mensagens que o seu cérebro envia ao organismo são muito mais importantes do que pensa

5. – Aprenda a perdoar: segundo um provérbio inglês, “Aborrecer-se é pagar pelos erros dos outros”. A zanga e o rancor provocam na sua mente a mesma reação que o stress: aumento da pressão sanguínea, diminuição do sistema imunológico e sintomas de esgotamento, de acordo com um estudo da prestigiada publicação Psychological Science.

6. – Respire com o abdómen: quando estamos em stress tendemos a respirar com o peito, com exalações e inspirações curtas e rápidas, o que faz com que chegue menos oxigénio aos pulmões e, portanto, nos sintamos cansadas. Aprenda a fazer respirações abdominais profundas (o ioga é um bom aliado nestes casos) e faça isso sempre que estiver numa situação de stress.

E se tiver momentos de desânimo pontuais:

  • Seja criativa: dê cor às suas rotinas entediantes. Imagine que em vez de estar a fazer compras está a participar numa missão especial ou que o jantar que está a preparar vai participar num concurso culinário.
  • Planeie missões e autocompense-se: estabeleça uma data limite para terminar esse relatório que a está a asfixiar há uma semana e quando conseguir, conceda a si própria um mimo como uma manicure, uma revista, etc..
  • Objetivos alcançáveis e metas não excessivamente ambiciosas: se deseja fazer uma dieta, não pense em todos os quilos que tem de perder; planeie uma missão a curto prazo. Pesar menos um quilo dentro de uma semana. Assim, a pouco e pouco ver-se-á mais perto dos seus objetivos e ser-lhe-á mais fácil alcançá-los.
  • Mude de “não posso” para “quero”: as mensagens que o cérebro envia ao organismo são muito mais importantes do que pensamos. Se conseguirmos mudar de atitude, teremos mais de metade do terreno ganho.
  • Coma de forma saudável, durma bem e faça exercício: estes três hábitos complementam-se e são importantíssimos para a sua vitalidade.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário