TENA

Home Pavimento pélvico Incontinência Nictúria: o que precisa saber para lidar com este problema

Nictúria: o que precisa saber para lidar com este problema

Incontinência


O que é a Nictúria
0 31314

Acorda durante a noite porque tem vontade de urinar? Acontece-lhe muitas vezes durante a noite? Então é possível que sofra de nictúria. Consulte o seu médico.




A nictúria é um problema sério que se pode transformar num grande incómodo, uma vez que altera o ritmo do seu sono e pode provocar perturbações psicológicas e sociais. 

Durante a noite, o normal é que a quantidade de urina diminua e se concentre, e depois de 6 a 8 horas, quando nos levantamos, tenhamos que ir à casa de banho. Porém, muitas mulheres (e homens) sentem mais vezes necessidade de urinar e, inclusivamente, produzem mais urina durante a noite do que durante o dia.

Esta vontade de ir à casa de banho interrompe o sono e com isso diminui a qualidade de vida, provocando importantes perturbações psicológicas e sociais: a pessoa que sofre desta emissão de urina mais frequente de noite do que de dia fica mais cansada, deprimida e irritável do que o normal.

Quando surge a nictúria?

Os sintomas estão muitas vezes associados ao envelhecimento (nas mulheres a partir da menopausa, sobretudo a partir dos 65 anos) e costuma estar relacionada com a incontinência urinária de urgência, a existência de prolapsos, doenças cardíacas e renais ou diabetes.

Se de vez em quando se tem de levantar a meio da noite para ir à casa de banho, não fique alarmada. Mas se percebe que tem de o fazer várias vezes durante noite, e que isto acontece com muita frequência, pode dar-se o caso de ter nictúria.

Causas da nictúria:

  • Bexiga com capacidade reduzida para armazenar urina, que pode estar associado a uma bexiga hiperativa, uma infeção urinária ou a uma inflamação a da bexiga;
  • Poliúria noturna: produção excessiva de urina durante o sono. As causas desta disfunção pode ser a diabetes, insuficiência cardíaca ou apneia do sono;
  • Poliúria geral: associada a um problema renal ou cardíaco, que provoca acumulação de líquidos;
  • Combinação de uma bexiga pequena e poliúria;
  • Consumo de certos fármacos, como os diuréticos.

Se a vontade de urinar não lhe permite dormir uma noite completa e é uma ameaça ao seu bem-estar, consulte o seu médico, que avaliará o seu caso com um estudo urodinâmico, entre outras análises.

De qualquer forma, é recomendável que leve para o médico um diário miccional, no qual deverá registar durante dois ou três dias a quantidade de líquidos que bebe, quantas vezes tem de ir à casa de banho e, aproximadamente, quanta urina produz em cada micção.

Por outro lado, é muito provável que o médico lhe pergunte o seguinte:

  • Quando começou a notar que tinha que se levantar durante a noite mais do que habitual?
  • Quantas vezes precisa de ir à casa de banho por noite?
  • Qual a quantidade de urina expulsa em cada micção?
  • Notou nos últimos meses alguma alteração na quantidade de urina que expulsa?
  • Sente-se mais cansada e com mais sono ao longo do dia?
  • Toma bebidas com cafeína ou bebidas excitantes diariamente? Quanto?
  • Bebe bebidas alcoólicas diariamente? Quanto?
  • Alterou os seus hábitos nos últimos meses no que respiata a dieta, exercício, horários?…

Tenho nictúria, o que posso fazer?

Se começar a notar algum sintoma que possa estar relacionado com este problema de saúde, contamos-lhe o que está nas suas mãos para melhorar os sintomas:

  • Consulte o seu médico de família para que a encaminhe para um urologista;
  • Evite o consumo de cafeína e álcool;
  • Limite a ingestão de líquidos pelo menos duas horas antes, mas não se esqueça, deve beber entre 1 e 1,5 litros de ágora por dia;
  • Procure programar as suas micções e evite prender a urina ao longo do dia;
  • Se precisa de tomar diuréticos por prescrição médica, tome-os pelo menos 6 horas antes de se deitar;
  • Reduza a ingestão de alimentos que possam irritar a bexiga, como o picante, os cítricos ou o chocolate;
  • Procure dormir uma breve sesta a meio da tarde;
  • Ponha as pernas para o alto no final do dia;
  • Faça pelo menos meia hora de exercício diário.
  • Evite o excesso de peso e a obstipação.

Enquanto a nictúria se resolve, lembre-se que a TENA oferece produtos específicos que protegem contra as perdas de urina noturnas, como TENA Discreet Maxi Night, que concentra a máxima absorção e proteção na parte posterior. Experimente por si mesma, pedindo uma amostra grátis.

Pode também interessar-lhe...

  • Tratamentos para a bexiga hiperativaTratamentos para a bexiga hiperativa Tem sentido às vezes uma vontade repentina e incontrolável de ir à casa de banho? Aconteceu-lhe no meio da rua, sem uma casa de banho por […]
  • A incontinência de urgênciaA incontinência de urgência Uma vontade brusca, repentina e incontrolável de urinar que provoca perdas de urina e não lhe permite chegar a tempo à casa de banho. Essa […]
  • Cistocele e problemas urináriosCistocele e problemas urinários Este prolapso genital, um dos mais comuns, pode apresentar sintomas como incontinência urinária, infeções repetitivas ou, até mesmo, […]
  • Tipos de incontinência urináriaTipos de incontinência urinária Nem todos os problemas de incontinência têm a mesma origem ou se manifestam da mesma forma. Podem ser consequência de esforços, surgindo […]
  • Histerectomia e pavimento pélvicoHisterectomia e pavimento pélvico A extirpação do útero é uma operação muito frequente que pode alterar a anatomia do pavimento pélvico, provocando o prolapso dos demais […]
  • 10 dados que desconhecia sobre a incontinência10 dados que desconhecia sobre a incontinência Alimentação, exercícios, hábitos... Cada vez sabemos mais sobre a incontinência, pois tratar este aspeto da nossa vida com naturalidade é […]
Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos o seu comentário

Centrada em si