Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Pavimento pélvico Pavimento pélvico e saúde Como conseguir o rejuvenescimento vaginal?
banner_MUESTRA

Como conseguir o rejuvenescimento vaginal?

Pavimento pélvico e saúde

0 1748

Muitas vezes, por falta de informação, não é fácil solucionar o relaxamento vaginal. Neste artigo, além de recomendações para solucionar e obter um rejuvenescimento da sua zona íntima, encontrará informações sobre como prevenir este problema.


Partilhe com as suas amigas:

O relaxamento vaginal é um problema comum sobre o qual, às vezes, não é fácil encontrar informação apropriada. Não devia ser assim, pois qualquer uma de nós pode acabar por sofrer deste problema e, com a prevenção necessária, poderíamos obter soluções muito mais simples. O relaxamento vaginal é uma alteração da estrutura da vagina que pode ocorrer depois de darmos à luz. Em algumas situações, os nossos genitais externos mudam de forma e perdem, em maior ou menor grau, o que se denomina por suporte musculofascial. Uma das consequência é as paredes vaginais não recuperarem a forma depois dos efeitos do parto e ficarem mais expostas ao exterior. Rejuvenescer esta zona do nosso corpo e mantê-la saudável é mais fácil se conhecermos bem os sintomas que nos devem alertar para este possível mal-estar.

O que é o relaxamento vaginal?

Para compreender o que acontece no nosso corpo nestas ocasiões, devemos conhecer-nos melhor. Como mulheres, são muitas as características físicas que nos definem. Por exemplo, é importante saber o que forma a nossa parede vaginal. Esta está composta por um entrelaçado de colagénio e elastina que, como o próprio nome indica, oferece-nos propriedades elásticas nesta zona, de forma a se poder admitir no interior da vagina a passagem de um bebé e, imediatamente, recuperar o seu diâmetro natural.

Contudo, existem ainda outros fatores que podem afetar-nos nesta parte do organismo: a idade, o tamanho do nosso bebé, se tivemos ou não um parto instrumental, etc. Tudo isto são características que podem provocar-nos danos internos e modificar o que se denomina por “suporte conectivo”. Nestes casos perdemos a flexibilidade, inclusive podemos chegar a sentir que a nossa vagina está anormalmente aberta, além de outros sintomas mais preocupantes, como não conseguir prender um tampão como dantes ou as relações sexuais já não serem tão satisfatórias.

Prevenir é curar, por isso devemos estar atentas a qualquer tipo de alarme. Por exemplo, outro tipo de sintomas que nos deve pôr de sobreaviso poderá ser a sensação de peso, ou molhar mais do que o normal a roupa interior. Todos estes sinais configuram o que os médicos denominam por síndrome de relaxamento vaginal.

Calma, o rejuvenescimento é possível

A nível funcional, esta deterioração da nossa zona íntima pode comprometer a nossa qualidade de vida mas, calma, a desinformação não deve tornar o assunto num problema maior. Pois trata-se de um motivo de consulta ginecológica cada vez mais frequente e que na mão dos especialistas tem solução.

A genecologia regenerativa é um ramo da medicina que nos ajuda em casos como este a estimular o rejuvenescimento do tecido conectivo que suporta esta zona do corpo. É inclusive possível revascularizar e melhorar as características de elasticidade, hidratação e deformação da vagina. Nesta linha de tratamento temos a termoterapia que, no final de várias sessões ambulatórias, durante as quais se aplica laser CO2, consegue obter de novo o efeito de “esticado” através de pequenos micro-furos sobre a mucosa vaginal. Isto é alcançado com uma intervenção que nos proporciona um efeito quente e que faz desencadear uma inflamação e regeneração para, posteriormente, restabelecer a rede de colagénio. O objetivo é obter um suporte renovado nas paredes vaginais.

No final deste tratamento, que obtemos em troca? Sem dúvida, a confiança e a qualidade de vida que se farão notar ao sentirmos de novo o esticado vaginal, relações sexuais mais satisfatórias e o desaparecimento dos incómodos. Tudo isto é o que entre nós denominamos coloquialmente rejuvenescimento, pelas sensações experimentadas pela vagina.

Seja como for, lembre-se: em muitos casos este problema pode estar associado a sintomas urinários, como incontinências de esforço ou de urgência. Portanto, se depois de ler este artigo pensa que pode apresentar sintomas de um possível relaxamento vaginal, consulte um médico especialista em pavimento pélvico.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário