Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Psicologia Reforma: hora de reinventar a relação com o seu parceiro
banner_MUESTRA

Reforma: hora de reinventar a relação com o seu parceiro

Psicologia

0 13803

Quando chega a hora da reforma surge uma questão da qual não se costuma falar: o impacto da reforma na relação do casal.


Partilhe com as suas amigas:

Quando um ou ambos os membros do casal deixam de trabalhar e têm de reorganizar o seu tempo e atividades individuais e em conjunto, tal pode supor um momento de stress ou, pelo menos, de mudança na relação.

Esta mudança está na origem de muitos conflitos, frustrações, diferenças de opinião e atitudes, uma vez que nem sempre somos realistas sobre o que a reforma vai implicar e nem comunicamos de forma adequada quais são as nossas expectativas à nossa cara-metade.

Chegado este momento, há que adaptar-se à nova realidade. Ambos têm mais tempo e é preciso fazer uma boa gestão do mesmo para cuidar da vossa relação e também dos vossos planos, sonhos e projetos pessoais.

1. Comunique

Diga ao seu parceiro aquilo que espera ou não desta etapa na qual poderá consagrar mais tempo à relação. Se calhar quer dedicar mais tempo aos seus hobbies ou amigos, mas o seu parceiro está à espera que passem todo o tempo juntos, ou vice-versa. É importante que falem sobre as vossas expectativas.

2. Aprenda a partilhar o espaço

Para muitas mulheres, a casa é um espaço ao qual se dedicaram individualmente e organizaram de uma determinada maneira durante muitos anos. Deixe que o seu parceiro participe e partilhe os espaços e as decisões domésticas com ele.

3. Delegue tarefas

Deixe que a ajudem, não queira assumir todas as responsabilidades sozinha sejam netos, cuidados familiares ou tarefas domésticas. Partilhem tarefas entre os dois de forma consensual.

4. Não se responsabilize pelo seu parceiro se ele não quiser realizar atividades sem si

Além disso, não inclua o seu parceiro em todas as atividades que antes fazia sem ele. Se adotar uma atitude maternalista, será mais difícil habituarem-se a esta nova fase. Dê-lhe tempo e espaço para que ele próprio descubra a necessidade de encontrar os seus próprios interesses.

5. Não participe em todas as atividades que realizava com o seu parceiro

Reserve algum tempo para encontrar os seus próprios hobbies e projetos.

Aproveite esta oportunidade para se reencontrar, redescobrir e reinventar a relação com o seu parceiro!

Pode também interessar-lhe...

  • Os riscos emocionais da reformaOs riscos emocionais da reforma Muitas pessoas mal podem esperar que chegue este grande momento. Mas se não queremos desperdiçar todo estes anos e sentirmo-nos […]
  • Tem dificuldade em aceitar críticas?Tem dificuldade em aceitar críticas? Ninguém gosta de ser alvo de críticas. Mas também não podemos evitar que determinados aspectos do nosso carácter ou da forma como nos […]
  • Nunca diga ‘já é tarde’Nunca diga ‘já é tarde’ Se é daquelas pessoas que pensam que a vida se divide em compartimentos estanques e que o que não fez até agora já não vai fazer, mude de […]
  • Enfrente a passagem do tempoEnfrente a passagem do tempo A sociedade transmite muitas ideias preconcebidas sobre a mulher na idade madura que muitas vezes nos impedem de avançar e geram […]
  • Combater a rotina do casalCombater a rotina do casal Sente que nada é como antes na sua relação amorosa? Não sente o mesmo desejo que antes? As coisas mudam com o tempo, sobretudo em momentos […]
  • Recomendações sexuais para o período pós-partoRecomendações sexuais para o período pós-parto Tome nota destes conselhos e verá que os efeitos físicos e psicológicos que a chegada do bebé frequentemente provoca não serão um […]
Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário