Registe-se já ou introduza
o seu email e palavra-passe:

Centrada em si
TENA
Home Pavimento pélvico Incontinência Incontinência e cistite: como prevenir este círculo vicioso?
banner_MUESTRA

Incontinência e cistite: como prevenir este círculo vicioso?

Incontinência

0 109

A cistite ou a infeção urinária é um dos problemas mais comuns e frequentes nas mulheres. Não só obriga a idas constantes à casa de banho, como também provoca mal-estar, sensação de ardor e dor ao urinar. Além disso, pode causar perda de urina quando se faz algum esforço, espirra ou tosse.


Partilhe com as suas amigas:

Contudo, quando se chega a determinadas idades, como a menopausa, ou com o aparecimento da incontinência, este problema pode ocorrer com maior frequência. Por outras palavras, a incontinência pode provocar cistite e a cistite pode provocar incontinência. Aqui ficam alguns conselhos para evitar este círculo vicioso.

Porque tenho cistite?

Por mais vezes que tenhamos ouvido, o facto de nos sentarmos em superfícies frias não causa cistite. Sofremos mais recorrentemente deste problema do que os homens devido a uma diferença anatómica entre ambos os sexos. Os homens têm um canal da uretra mais comprido e mais afastado das bactérias do exterior. Estas bactérias são as que causam a infeção. No verão, podemos sofrer de infeções urinárias com mais frequência devido à humidade na zona genital, seja por causa do suor ou dos banhos nas piscinas e praias.

Contudo, se for uma mulher com alguma idade, deve estar ciente de que as visitas ao médico devido à cistite aumentam quando se entra na menopausa. Em muitos casos, a menopausa implica o surgimento de problemas de incontinência e estas perdas de urina favorecem o aparecimento da bactéria Escherichia coli que causa a maioria dos casos de cistite.

Como posso prevenir a cistite?

Os hábitos de higiene e a alimentação são dois dos fatores que podem ajudar a prevenir a cistite. Qualquer que seja o seu caso, sofra de incontinência ou não, estes são os melhores hábitos para combater a cistite – incluindo na menopausa.

  • Beber um mínimo de litro e meio de água por dia, evitar bebidas alcoólicas e o tabaco. Deve ter em conta que se tem problemas de incontinência não deve ter receio de beber água. Ao beber água está a contribuir para que as bactérias não se acumulem na zona genital, o que reduz o risco de sofrer a infeção.
  • Lavar e secar a zona genital da frente para trás. Uma percentagem elevada das infeções urinárias é provocada por bactérias que vão do ânus para a vagina. Manter a zona limpa e lavá-la no sentido indicado previne o aparecimento da cistite.
  • Beber sumo de limão e comer arandos. Estes alimentos são os melhores aliados para prevenir as infeções urinárias, pois contêm um componente que atua como antisséptico natural.

De referir que estes são apenas alguns conselhos de prevenção; não curam a cistite. Se julga que tem uma infeção urinária, deve consultar e seguir as indicações do seu médico; jamais deve automedicar-se.

Pode também interessar-lhe...

Partilhe com as suas amigas:

Deixe-nos um comentário